Em 1995, as primeiras membras da Coletiva participaram de oficina de confecção de bonecas junto à Cooperativa Abayomi de Mulheres Negras no Festival Internacional de Artes Negras. Em 1998, a Coletiva é fundada em Minas Gerais, durante uma ocupação sem-terra do MST. Sua transferência para São Paulo se deu em 2004 e, a partir de então, a Coletiva ministrou oficinas em diversas ONGs e instituições da cidade como Sacolão das Artes, Casa da Mulher e da Criança, OCA, Casa dos Meninos, Rainha da Paz, Bloco do Beco, Programa Fábricas de Cultura, entre outros.

Em 2008, produziu os paineis que ilustraram o livro Santo Amaro em Rede do Sesc Santo Amaro. Seus trabalhos integraram exposições nas Bibliotecas Helena Silveira (2013) e Mário de Andrade (2014) e Virada Cultural (2014). Em 2018, participou da 11ª Mostra de Práticas Socioambientais Pétala por Pétala no Sesc Interlagos, com exposição, oficinas e ateliê aberto. Nesse mesmo ano executa o projeto Bordando nas Bordas: uma imersão afetiva na cidade que a cidade não conhece , contemplado pelo edital de Fomento às Periferias da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo

Anjos da Terra - Paulinho Pedra Azul e Dércio Marques
00:00 / 00:00
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • YouTube - Black Circle

Apoio:

Patrocínio:

Siga nas redes sociais:
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now